19 | 20
Diretrizes de Sustentabilidade
Introdução
Nós da JBS, acreditamos que o desenvolvimento e o crescimento empresarial devem estar associados à Sustentabilidade de nossas ações. Este deve ser um compromisso de todos os nossos colaboradores, clientes e fornecedores.

A JBS é a maior empresa de processamento de proteína animal do mundo e está presente nos cinco continentes. A Companhia iniciou suas atividades em 1953, com um abate de 5 cabeças de gado por dia. Hoje, a capacidade é de 90.290 cabeças por dia, distribuída em sete países. A Companhia  atua ainda nos setores de lácteos e derivados, higiene e limpeza,  biodisel, couros, PET - produtos para animais domésticos, reciclagem, embalagens, colágeno, entre outros.  A Governança Corporativa da Companhia tem os conceitos de responsabilidade social, respeito ao meio ambiente, conduta ética e desempenho econômico, incorporados em sua gestão em todos estes setores.

Com a aquisição do Grupo Bertin, em janeiro de 2010, a Companhia ampliou sua atuação e praticas sustentáveis na Região Amazônica. Com o objetivo de contribuir para a redução dos desmatamentos ilegais, estabelece controles específicos para a aquisição de gado, monitora via imagens de satélite o Bioma Amazônico e incentiva seus fornecedores a implantar as Boas Praticas socioambientais e produtivas.

Neste contexto, consolidamos as Diretrizes de Sustentabilidade que orientam as praticas da Companhia, sendo que a maior parte destas Diretrizes já se transformou em projetos específicos e em execução. A estruturação do Departamento de Meio Ambiente ocorreu em 2000 e a oficialização do Comitê de Sustentabilidade no nível do Conselho de Administração ocorreu em 2009.

Para a elaboração das Diretrizes foram consultados os integrantes do Comitê de Sustentabilidade, quarenta e dois integrantes da Alta Administração, incluindo membros do Conselho e Diretores Operacionais, além das Avaliações realizadas com Quatrocentos e Cinqüenta Colaboradores no nível de formadores de opinião.

Reforçando nosso compromisso com a transparência, componente essencial da responsabilidade social e ambiental, apresentamos as Diretrizes de Sustentabilidade da JBS aos nossos colaboradores e à sociedade, com o objetivo de promover o dialogo junto às partes interessadas e a continuidade de nosso crescimento sustentável.

Visão de Sustentabilidade JBS A sustentabilidade é um valor fundamental presente em todas as operações da JBS e na maneira como realizamos negócios e estabelecemos parcerias. Este conceito se expressa em diretrizes que geram um modelo uniforme de gestão e têm por objetivo garantir o equilíbrio econômico, social e ambiental alinhado às convicções e à missão da JBS.

Diretrizes de Sustentabilidade As Diretrizes que apresentamos a seguir abrangem os três pilares da sustentabilidade e estão desdobradas em Macrodiretrizes, Diretrizes Gerais e Diretrizes Específicas, e na sua aplicação são considerados de maneira sistêmica, os impactos diretos e indiretos das operações da Companhia.

Divisão Ambiental

Macrodiretriz: Cadeia de Produtos
Diretriz Geral: Fornecedores
  • Fortalecer as relações com os fornecedores por meio de Boas Práticas socioambientais.

Diretriz Específica: Fomentar Boas Práticas no Agronegócio (BPA)
  • Disseminar o programa de Boas Práticas no Agronegócio (BPA);
  • Reforçar canais de comunicação para aproximar a Companhia de seus fornecedores;
  • Ampliar o programa de capacitação e assistência técnica para fornecedores.

Iniciativas Implantadas
  • Treinamento e capacitação através da realização de eventos como os Dias de Campo (década de 90);
  • Programa Quality Farms para assegurar a qualidade do produto (2006);
  • Disseminação de Boas Práticas do agronegócio por meio da distribuição de Cartilhas aos fornecedores;
  • Prevenção do desmatamento ilegal no Bioma Amazônico por meio do monitoramento, via imagens de satélite (2010);
  • A JBS temAcordo Técnico de Cooperação com a Embrapa para levar aos fornecedores informações e apoio na implantação de Boas Práticas do Agronegócio;

Plano de Ação
  • Expandir os programas Quality Farms e BPA para a cadeia de fornecedores da Companhia;
  • Criar o Portal da Pecuária Sustentável para apoiar as ações de treinamento e comunicação com fornecedores e clientes;
  • Integrar as ações de treinamento já em curso.

Diretriz Específica: Assegurar a origem da matéria prima com critérios socioambientais
  • Assegurar que os procedimentos de aquisição de gado estejam de acordo com os critérios socioambientais da Companhia.

Iniciativas Implantadas
  • Sistema de controle e consulta de informações que atende aos procedimentos ambientais e sociais requeridos por órgãos governamentais fiscalizadores, para o processo de compra de gado;
  • Georreferenciamento de todas as propriedades que fornecem para a JBS Brasil;
  • Adesão ao Pacto Internacional de Erradicação do Trabalho Infantil Análogo ao Trabalho Escravo – ONU (2005);
  • Inclusão de cláusula no contrato de Boi a Termo relativa à obrigatoriedade do cumprimento das normas de Trabalho e Meio Ambiente (2006);
  • Adesão ao Pacto da Pecuária, Iniciativa Conexões Sustentáveis São Paulo-Amazônia – Ethos (2008);

Plano de Ação
  • Avaliar as melhores práticas socioambientais para a contratação de fornecedores (além do exigido por legislação);
  • Elaborar documento com práticas adotadas pela companhia para divulgação às partes interessadas;

Diretriz Específica: Contribuir para a Sustentabilidade do agronegócio
  • Promover o apoio e/ou parcerias com entidades internacionais e nacionais no desenvolvimento de pesquisas e tecnologias;
  • Divulgar para os pecuaristasinformações referentes às pesquisas e/ou tecnologias que minimizem os impactos de suas atividades;
  • Disseminar o uso de tecnologias para otimizar os processos produtivos dos fornecedores com vistas à sustentabilidade;

Iniciativas Implantadas
  • Participação no GTPS (Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável), formado por produtores, ONGs, instituições financeiras e varejistas que tem por finalidade contribuir para a sustentabilidade, considerando aspectos sociais, ambientais, tecnológicos e econômicos (2007);
  • Parceria com a Escola Superior de Agricultura (ESALQ) em pesquisas para minimizar a emissão de gases de efeito estufa na cadeia produtiva;

Plano de Ação
  • Avaliar temas relevantes que na visão da JBS necessitem de maior desenvolvimento e buscar parcerias para pesquisas ou mesmo desenvolvimento tecnológico;
  • Estabelecer sistema de comunicação com os pecuaristas para divulgação de pesquisas e tecnologias.

Diretriz Geral: Processos industriais
  • Avaliar os impactos ambientais dos processos industriais e implantar ações para mitigação.

Diretriz Específica: Assegurar o cumprimento Legal
  • Garantir o atendimento aos requisitos legais, normas e regulamentos sociais e ambientais.
 
Iniciativas Implantadas
  • Estruturação do Departamento de Meio Ambiente para atendimento às legislações aplicáveis à Companhia (2000);
  • Adequação aos critérios ambientais da JBS de todas as unidades adquiridas ou arrendadas;

Plano de Ação 
  • Atualizar o levantamento dos requisitos legais e regulamentos aplicáveis à Companhia;
  • Implantar sistema para acompanhar o atendimento às legislações vigentes.
  • Estabelecer padrão de comunicação interna para divulgação da existência, alterações ou criação de novos requisitos legais e regulamentos sociais e ambientais.

Diretriz Específica: Implementar Ecoeficiência
  • Criar um programa nas unidades industriais, visando à redução do consumo de recursos naturais;
  • Racionalizar o uso de água nos processos produtivos e estimular a utilização de água de reuso em processos não nobres;
  • Racionalizar o uso de energia;
  • Reduzir as Emissões Atmosféricas;
  • Investir em tecnologias para a redução de emissões de Gases de Efeito Estufa;
  • Assegurar os padrões de qualidade dos efluentes finais;
  • Monitorar as emissões atmosféricas no Transporte da Companhia;
  • Promover o uso de biocombustível em a toda frota da Companhia;
  • Reduzir a geração de resíduos e gerencia-los até a destinação final;
  • Ampliar o PRCA – Programa de Redução do Consumo de Água;
  • Criar um programa visando à redução do consumo de recursos naturais.

Iniciativas Implantadas
  • Estruturação do Departamento de Meio Ambiente para coordenar os trabalho de proteção ambiental realizados na Área Industrial (2000);
  • Reuso de água empregando os processos do PRCA (Programa de Redução de Consumo de Água (a partir de 2000);
  • Coleta seletiva  em todas as unidades do grupo JBS (a partir de 2000);
  • Centrais de Reciclagem de Resíduos  nas unidades industriais (a partir de 2003);
  • Projetos de Mecanismos de Desenvolvimento Limpo – MDL (2006);
  • Sistema de Tratamento de gases nas graxarias (a partir 2007);
  • Reflorestamento – criação da Florestal do Brasil S/A (2007);
  • Participação no Carbon Disclosure Project - CDP (a partir de 2008);
  • Inventário Anual de Emissões de Gases de Efeito Estufa (a partir de 2008);
  • Redução de emissão de metano pela JBS em diversas ações implantadas;
  • Programas para redução diária de utilização de embalagens de produtos;
  • Cogeração de energia a partir do bagaço da cana-de-açúcar, garantindo menor emissão de gases de efeito estufa (GEE);
  • Queima de conteúdo ruminal, minimizando a geração de resíduo  e o  consumo de combustivel na caldeira para  produzição energia.

Plano de Ação
  • Elaborar programa de Ecoeficiência de forma a consolidar boas práticas já implantadas nas unidades da companhia e incentivar o desenvolvimento de novas práticas visando o uso de tecnologias mais limpas, modificação de comportamentos, equipamentos e processos;
  • Implantar indicadores e metas para monitoramento do programa de Ecoeficiência;
  • Estabelecer Comitê para desenvolvimento de novas tecnologias visando um Programa de Ecoeficiência.
  • Estabelecer, dentro do programa de Ecoeficiência, sistema de comunicação e reconhecimento de melhores práticas adotadas pelas unidades para disseminar estas práticas na Companhia.

Diretriz Específica: Implementar ações de melhoria contínua nos processos industriais
  • Desenvolver programas que aumentem a eficiência produtiva e operacional;
  • Padronizar oSistema de Gestão Ambiental (SGA);
  • Garantir apadronização das atividades.

Iniciativas Implantadas
  • Descentralização da gestão autônoma dasplantas industriais;
  • Implementação do processo de desossa em célula de trabalho;
  • Sistema de Gestão Pela Qualidade com base na Norma NBR ISO 9001:08  nas Unidades de Lins-SP, Mozarlandia GO, Ituiutaba-MG, Campo Grande II -MS.
  • Implantação do CQC (Círculo de Qualidade Contínua);
  • Implantação do TQF (Total Qualidade Friboi);
  • Redução dos niveis hierárquicos da Companhia para maior agilidade na tomada de decisão com foco no aumento da produtividade e competitividade;
  • Implantação do Programa 5 S na Companhia;
  • Implantação de Sistema de Gestão Integrada para acompanhamento de indicadores de produtividade e indicadores financeiros em todas as unidades;
  • Programa de manutenção e renovação periódica da frota própria;
  • Programa de manutenção preventiva de máquinas e equipamentos em todas as unidades da JBS;
  • Reformulação da estrutura corporativa do Departamento de Garantia da Qualidade(2010);
  • Implantação e modernização do sistema de transporte de materia prima através de frota própria;
  • Criação da Garantia de Qualidade Institucional com foco em atendimento a clientes;
  • Estruturação do Comitê de Estratégia Empresarial.

Plano de Ação
  • Implantar Sistema de Gestão Ambiental com foco em certificação;
  • Implantar Sistema de Qualidade com foco em certificação;

Divisão Social

Gestão Interna Diretriz Geral: Pessoas
  • Empregar mecanismos para atrair, reter e desenvolver profissionais para realização da Missão e o alcance da Visão da JBS.

Diretriz Específica: Implementar melhores práticas em RH
  • Rever  a Política de Recursos Humanos com o intuito de garantir que os princípios da JBS relativos à proteção e defesa dos direitos humanos e direitos fundamentais do trabalho estejam contemplados e  estabelecer  premissas organizacionais para atração, retenção e desenvolvimento de seus profissionais;
  • Revisar o Manual de Conduta Ética para assegurar clareza e objetividade com relação aos princípios éticos e estabelecer parâmetros de conduta profissional em todos os níveis da Companhia;
  • Reforçar o modelo de gerenciamento de Recursos Humanos já existente como suporte e garantia de implementação da Política, com critérios e procedimentos para orientação às praticas organizacionais e indicadores de desempenho;
  • Incentivar ações que promovam a Qualidade de Vida para o bom relacionamento entre os colaboradores, manutenção de um  ambiente de trabalho seguro e saudável, propício a níveis ótimos de desempenho e produtividade;
  • Promover a valorização da diversidade na composição de um quadro funcional inclusivo e enriquecido pelo multiculturalismo;
  • Assegurar a equidade, sem discriminação de qualquer natureza, estabelecendo mecanismos que permitam igualdade de oportunidade a homens e mulheres, em todos os níveis;
  • Instituir canal de comunicação interno para tratamento de desvios em relação aos princípios da Companhia, não-cumprimento da política, reclamações e sugestões de ordem geral, com garantia de retorno, sigilo e não-retaliação.

Iniciativas Implantadas
  • Instituição do Código de Ética (2004);
  • Apoio à transferência de colaboradores entre as unidades da Companhia;
  • Ginástica laboral em todas as unidades da JBS;
  • Plano de oportunidade para o publico interno da Companhia;
  • Estruturação da Ouvidoria, canal de comunicação interno à disposição de todos os colaboradores da Companhia;

Plano de Ação
  • Implementar programa de Responsabilidade Social para garantir o cumprimento da Política da Companhia e o atendimento aos requisitos da Norma SA8000:2008, padrão de reconhecimento nacional e internacional em Boas Práticas no gerenciamento de Recursos Humanos e relações com partes interessadas.

Diretriz específica: Reforçar Gestão de Pessoas
  • Formalizar modelo de gestão de pessoas com foco em atrair, reter e desenvolver talentos profissionais em todos os níveis da Companhia;
  • Implementar Pesquisa de Clima Organizacional como instrumento de medição e suporte à melhoria das condições do ambiente e relações de trabalho;
  • Inserir o tema sustentabilidade no Programa de Treinamento e Desenvolvimento da JBS como tema transversal.

Iniciativas Implantadas
  • Programa Gente Nossa que visa a formação e desenvolvimento de novos talentos, por meio da contratação de trainees (2007);
  • Criação e implantação do Comitê Interno de seleção para contratação de novos colaboradores em todas as unidades(2007);
  • Avaliação de Desempenhona qual todos os colaboradores se auto avaliam, avaliam seus pares e superiores e são avaliados;
  • Política de Remuneração salarial com a instituição de remuneração variável;
  • Programa de Recrutamento Interno;

Plano de Ação
  • Implementar Pesquisa de Clima Organizacional como instrumento de medição e suporte à melhoria das condições do ambiente e relações de trabalho;
  • Participar de Prêmios de avaliação das melhores práticas em gestão de pessoas instituídos no mercado: Melhores Empresas para Trabalhar – FIA, Revista Você S/A; GTPW – Revista Época; Guia Exame de Sustentabilidade;
  • Realizar Pesquisa de Clima Organizacional.
  Diretriz Especifica: Estruturar Gestão de Terceirizados
  • Manter o equilíbrio na relação comercial com fornecedores;
  • Garantir condições adequadas de trabalho nas dependências da Companhia;
  • Assegurar a integração dos terceirizados aos valores da Companhia, com o objetivo de reduzir riscos e melhorar a qualidade da prestação de serviços;
  • Estabelecer critérios para monitorar questões sociais e ambientais na cadeia de fornecedores.

Iniciativas Implantadas
  • Procedimentos em todas as unidades para a integração de terceirizados nas atividades da Companhia;

Plano de Ação
  • Rever critérios de avaliação dos fornecedores, contemplando as questões sociais e ambientais;
  Diretriz Específica: Implantar Programa de Comunicação Interna de Sustentabilidade
  • Estruturar Plano para Comunicação interna com os colaboradores em nível global;
  • Estimular a sinergia entre as áreas de comunicação das unidades globais, para a troca e disseminação de informações e iniciativas;
  • Utilizar os canais de comunicação interna (revista, boletim, mural, comunicado interno, intranet, e-mail, entre outros) para disseminar informações e iniciativas de sustentabilidade em todos os níveis hierárquicos da Companhia;
  • Criar canal interativo entre todos os níveis hierárquicos da JBS para que os colaboradores contribuam com sugestões de ações de sustentabilidade.
 
Iniciativas Implantadas
  • Utilização do Saiba Mais, Comunicado Interno e Intranet para manter os colaboradores informados e atualizados quanto às ações da JBSBrasil;
  • Reformulação da intranet com foco na melhoria da comunicação entre as unidades da JBS nos diversos países de atuação (2010);
  • Campanhas de endomarketing direcionadas aos colaboradores;

Plano de Ação 
  • Implantar Programa de Comunicação Interna de Sustentabilidade que viabilize a participação de todos os colaboradores em nível global;
  • Criar canal de comunicação específico para compartilhar as Boas Práticas em Sustentabilidade, proporcionando sinergia entre as diversas plataformas de operação da JBS;
  • Disponibilizar nas áreas de uso comum, equipamentos para que os colaboradores tenham acesso direto  à Intranet;
  • Estimular que os colaboradores adotem praticas sustentáveis e de bem estar em sua rotina profissional e pessoal;
  • Implementar as praticas sustentáveis(coleta seletiva e reciclagem);

Mercado e Sociedade


Diretriz Geral: Comunidades locais
  • Fortalecer a relação da Companhia com as comunidades próximas de suas operações;
  Diretriz Específica: Mapear os impactos diretos e indiretos nas comunidades locais
  • Fomentar iniciativas para a geração de trabalho e renda nas comunidades locais;
  • Monitorar os impactos sociais e ambientais diretos e indiretos nas comunidades onde as Unidades estão inseridas;

Iniciativas Implantadas
  • Parceria com entidades governamentais e não governamentais no recrutamento e seleção de colaboradores em regiões onde a JBS atua;
  • Apoio cultural em eventos locais e regionais;
  • Ações de Filantropia.

Plano de Ação
  • Realizar Diagnóstico Social nas comunidades próximas às atividades da Companhia;
  • Priorizar a contratação de mão de obra local.
  Diretriz Específica: Fortalecer o Desenvolvimento de Projetos Sociais
  • Promover parcerias com entidades não governamentais locais no desenvolvimento de projetos sociais alinhados às diretrizes do Instituto JBS;
  • Aproximar a Companhia das comunidades vizinhas por meio de programa de visitas monitoradas na JBS;
  • Estabelecer parcerias com municípios locais para incentivo à educação e projetos sociais;

Iniciativas Implantadas
  • Programa de visita monitorada às fábricas da JBS para comunidade, escolas, universidades e associações;
  • Programas e Campanhas  de Educação Ambiental;
  • Criação do Instituto JBS (2009);
  • Inauguração da Escola Germinare na unidade Corporativa (2010);
  • Parceria com prefeituras locais em projetos socio-ambientais;

Plano de Ação
  • Ampliar as ações da Escola Germinare para comunidades próximas às operações da Companhia em parceria com entidades não governamentais e prefeituras locais;

Diretriz Geral: Setor Público e Privado
  • Participar e contribuir na elaboração das Políticas Públicas nos municípios onde a empresa está inserida;

Diretriz Específica: Contribuir na Elaboração de Políticas Públicas
  • Acompanhar as Políticas Públicas referentes às leis, normas e regulamentações ambientais e sociais relativas às operações da JBS;

Iniciativas Implantadas
  • Diálogo aberto com as Partes Interessadas.

Plano de Ação
  • Disponibilizar informações referentes às políticas públicas nos canais internos de comunicação.

Diretriz Geral: Comunicação Externa
  • Estruturar programas de comunicação externa nos âmbitos global e local;
  Diretriz Específica: Fortalecer Programa de Comunicação com Clientes
  • Divulgar ao consumidor informações sobre a atuação sustentável da Companhia;

Iniciativas Implantadas
  • Reformulação do site da JBS na internet;
  • Anúncios em diversos meios de comunicação nacionais e internacionais;
  • Monitoramento e estudos de  mercado com foco em acompanhar tendências e estabelecer estrategias.
  • Rastreabilidade do produto final.

Plano de Ação
  • Ampliar o programa de Rastreabilidade do produto final da JBS;

Diretriz Específica: Intensificar Ações de Marketing e Comunicação
  • Intensificar as ações de comunicação por meio da assessoria de imprensa e ações de marketing e publicidade de alcance nacional e internacional;

Iniciativas Implantadas
  • Participação em feiras e eventos da área;
  • Releases para imprensa nacional e internacional;
  • Anúncios dos produdos na mídia nacional e internacional;
  • Pautas proativas junto à imprensa para reforçar a imagem da JBS no mercado;
  • Gestão da publicidade legal junto ao Departamento de Relação com Investidores da JBS;
  • Produção de vídeos institucionais para publico interno e externo;
  • Marketing de relacionamento com clientes, fornecedores, acionistas e comunidade;
  • Gerenciamento de crise através da comunicação.

Plano de Ação
  • Reforçar plano de mídia com foco em ações em sustentabilidade da JBS.
  Diretriz Específica: Promover Programa de Comunicação em Sustentabilidade
  • Divulgar anualmente o Relatório de Sustentabilidade;
  • Realizar Campanhas Institucionais de ações de sustentabilidade.

Iniciativas Implantadas
  • Comunicado JBS Pledge and Commitment (2009) sobre as ações da Companhia em relação ao Meio Ambiente e a origem da sua matéria prima;
  • Reformulação do site JBS que contempla questões de Sustentabilidade;
  • Participação Voluntária no CDP (Carbon Disclosure Project);
  • Publicação de uma ação da JBS direcionada à sustentabilidade em meios de comunicação relevantes na mídia nacional e internacional.

Plano de Ação
  • Criar portal na internet específico para sustentabilidade;
  • Elaborar  o Relatório de Sustentabilidade da JBS.

Divisão Econômica

Gestão Interna

Diretriz Geral: Atuação Global
  • Garantir a uniformidade das Diretrizes nas plataformas de operação da Companhia;
  Diretriz Específica: Implantar Direcionamentos Corporativos
  • Estabelecer Diretrizes corporativas para Sustentabilidade em conformidade com as particularidades dos países de operação da Companhia;
  • Assegurar que as Diretrizes sejam implementadas na JBS.

Iniciativas Implantadas
  • Compromisso formal dos Gestores com a Sustentabilidade;
  • Participação da Alta Direção no Comitê de Sustentabilidade;
  • Participação da Liderança na elaboração das Diretrizes de Sustentabilidade.

Plano de Ação
  • Estruturação de Comitês de Sustentabilidade nas plataformas de operação da JBS;
  Diretriz Específica: Implantar Gestão do Conhecimento
  • Implantar Programas de Gestão do Conhecimento entre as unidades da JBS;
  • Utilizar os diversoscanais de comunicação interna para compartilhar informações e conhecimentos entre as unidades de negócio.

Iniciativas Implantadas
  • Círculo de Qualidade Contínua - CQC;
  • Implantação do programa de integração para novos colaboradores  em todas as unidades.

Plano de Ação
  • Criar um grupo de Gestão de Conhecimento Interno, incluindo representantes de diversas áreas das unidades de negócio da Companhia;
  • Estabelecer focos do grupo de Gestão de Conhecimento Interno;
  • Realizar encontros de sustentabilidade da JBS Global, com a participação do responsável de sustentabilidade de cada país.

Diretriz Geral: Estratégia
  • Contemplar em todas as operações da JBS as dimensões da Sustentabilidade.
  Diretriz específica: Instituir Governança para Sustentabilidade em nível Global
  • Propor estrutura Global de Governança para Sustentabilidade;
  • Integrar as estruturas locais de Governança com a estrutura Global.

Iniciativas Implantadas
  • Criação do Comitê de Sustentabilidade (2010);
  • Envolvimento da Liderança das unidades Brasil, Estados Unidos, Austrália, Argentina, Itália, Paraguai e Uruguai (2010) na elaboração das Diretrizes de Sustentabilidade;

Plano de Ação
  • Revisar as Diretrizes de Sustentabilidade.
  Diretriz Específica: Elaborar Planejamento em Sustentabilidade
  • Contemplar, nas decisões da JBS as Dimensões de Sustentabilidade;
  • Assegurar o crescimento econômico observando o equilíbrio social e ambiental;
  • Avaliar os ativos intangíveis na concepção das estratégias da JBS;
  • Identificar oportunidades e riscos relativos aos impactos sociais e ambientais na definição das estratégias da Companhia.
 
Iniciativas Implantadas
  • Criação da área de Inovação com objetivo de desenvolver novos mercados, clientes e produtos;
  • Implementação do programa Porta a Porta com o objetivo de agregar valor ao produto e aproximação com o consumidor final;
  • Programa Açougue Swift com o objetivo de promover o desenvolvimento de negócios entre a JBS e seus clientes;
  • Programa de compra de Boi a Campo;
  • Programa Organic Beef.

Plano de Ação 
  • Incorporar o conceito de Sustentabilidade no Planejamento Estratégico da Companhia;
  • Desenvolver procedimentos internos de avaliação de passivos ambientais e sociais na aquisição de novas unidades.
  Diretriz Específica: Fortalecer Relacionamento com as Partes Interessadas
  • Definir as partes interessadas da JBS;
  • Utilizar canais de comunicação para manter o diálogo com as partes;
  • Promover encontros para discussão de pontos relevantes.

Iniciativas Implantadas
  • Relacionamento com Organizações não governamentais e governos;
  • Participação da Companhia na Conferência das Partes;

Plano de Ação
  • Definir as partes interessadas da Companhia;
  • Estabelecer uma metodolgia de engajamento e comunicação com as partes interessadas.
JBS © 2010. Todos os direitos reservados. | Contato | Powered by RIweb